Problemas com a ereção afetam até 50% dos homens.

A disfunção erétil não é um problema isolado, a disfunção erétil tem mais de 100 milhões de homens em todo o mundo.

Permanentemente ou ocasionalmente, até 40% dos homens com idade entre 35 e 60 anos e cada décimo homem após o vigésimo ano de suas vidas estão sofrendo. Um distúrbio de ereção pode ser considerado um novo distúrbio da civilização do século 21. As causas são diferentes, elas podem se tornar problemas psicológicos, excesso de trabalho e fadiga, depressão e sérios problemas de saúde. Embora o tratamento para a disfunção erétil possa ser tão bem sucedido quanto 90%, apenas 10% dos homens estão determinados a serem tratados.

Em homens mais jovens, o bem-estar psicológico é importante

No fundo de problemas de ereção de curto prazo, muitas vezes é o estresse, falta de sono e movimento, excessos, tabagismo e álcool. A menos que o estilo de vida mude, a disfunção erétil pode persistir. Os homens jovens estão associados à disfunção erétil no início da vida sexual com barreiras mentais, especialmente incerteza, frieza e inexperiência. Se a mulher se comportar em tal situação, pode causar um bloqueio psíquico ao parceiro. Estima-se que 30 a 40 por cento de todos os casos sejam causas psicogênicas de distúrbios da ereção do pênis em homens mais jovens. Com a idade avançada, os problemas de ereção são predominantemente orgânicos. Eles são um indicador de hipertensão, hiperlipidemia ou diabetes, e muitas vezes o primeiro sinal de doença cardiovascular ou aterosclerose (artérias coronárias, por exemplo, devido ao estresse de longo prazo, aumento de açúcar no sangue, tabagismo, aumento dos níveis de lípidos no sangue, etc.). Podem, no entanto, também causou distúrbios edifícios erétil corpos, cicatrizes após lesões, bem como doença ou deficiência funcional do sistema nervoso, alterações hormonais ou medicação: Tal como acontece com outras doenças é a melhor prevenção – evitando assim todos os fatores de risco como o tabagismo, álcool, superestimação e outros desastres da civilização que levam à obesidade, hipertensão ou aterosclerose.

Falha ocasional é comum!

Tratamento da disfunção eréctil é indicada quando um homem falhar em mais de 25% das tentativas de relações sexuais, pelo menos, metade de um ano: Nos problemas de longo prazo esquecer suplementos alimentares e não gastar dinheiro desnecessário na farmácia, o efeito é sempre de curta duração. A taxa de sucesso do tratamento da disfunção erétil é alta hoje. No entanto, a condição básica é o diagnóstico correto, que é principalmente não invasivo e preciso, especialmente graças à ultrassonografia. Antes de iniciar o tratamento, você precisa saber se a disfunção erétil é causada por doenças graves. Se assim for, primeiro é necessário investigar e tratar a doença subjacente e atrasar o tratamento da disfunção erétil.

O tratamento não consiste em acenar com uma varinha mágica

A base do tratamento usual é, antes de tudo, uma mudança no estilo de vida e no tratamento de farmacêuticos que podem participar da disfunção erétil. Na ausência de melhora, o tratamento conservador inclui medicamentos que aumentam o suprimento de sangue para corpos tópicos (não podem ser combinados com medicamentos para doença isquêmica). Outra opção é o chamado tratamento intra cavernoso, que consiste em injetar a substância ativa diretamente nos corpos cavernosos. A desvantagem é a forma desagradável de aplicação e o risco de efeitos colaterais, por exemplo, priapismo (ereção a longo prazo sem estímulos eróticos). Também vale a pena mencionar é a utilização dos chamados muito ocupado. Anéis vasoconstrictores e bombas de vácuo, e tratamento cirúrgico para as chamadas. “Veias redundantes” que “sistema de escoamento em torno da” pênis durante a ereção. Em caso de falha completa do tratamento descrito, existe a possibilidade de implante de próteses penianas. O princípio consiste em remover o tecido funcional dos corpos tópicos e depois inserir a prótese permanentemente. As próteses são parcialmente flexíveis ou inflamadas (infláveis). O primeiro tipo mantém o pênis em uma ereção permanente e representa uma opção mais barata, mas menos confortável. O segundo tipo é mais caro e mais confortável, com ereções atingindo o paciente como desejado. No entanto, todos esses métodos de tratamento são relativamente caros e muitas vezes desagradavelmente dolorosos.

Um método que retorna a masculinidade

solução financeiramente acessível sem que preparações químicas e sem aplicação dolorosa resolve disfunção eréctil, o Tesão de Vaca foi desenvolvido por especialistas através de pesquisas com ingredientes naturais, portanto é totalmente sem contra indicações. Experimente já e acabe de vez com a sua impotência sexual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *